Diabetes

O QUE É ?

Diabetes mellitus é uma doença metabólica multifatorial caracterizada pelo aumento da quantidade de glicose sanguínea. A glicose circulante, por sua vez, não consegue entrar na célula devido à baixa produção de INSULINA pelo pâncreas ou a ineficiência da mesma. Podemos subdividir a diabetes em:

DIABETES TIPO I

Nesse tipo de diabetes, o pâncreas é incapaz de produzir insulina suficiente. Não foi descoberto com exatidão a causa, mas sabe-se que ocorre um problema no sistema imunológico. Ocorre um tipo de mecanismo similar à uma doença autoimune, na qual as células beta pancreáticas são atacadas pelo próprio organismo do portador. Os diabéticos tipo I, são aproximadamente 10% em relação ao tipo II. Nesse caso, a insulina é essencial para o controle, não excluindo a necessidade de uma vida saudável, em relação a alimentação e atividade física.

DIABETES TIPO II

Já no tipo II, há um somatório de fatores que levam ao diabetes, são eles: ineficiência da resposta dos receptores de glicose presentes na insulina e insuficiência da secreção de insulina. Esse defeito da ação da insulina, denominamos de resistência à insulina. Se dá pela exaustão das células beta do pâncreas e é a origem do diabetes tipo II.

Nesse caso, o sedentarismo e a má alimentação são os principais fatores determinantes de seu desenvolvimento. Também pode ocorrer em alguns poucos casos, devido a utilização prolongada de alguns medicamentos. Os diabéticos tipo II representam 90% dos casos.

RESISTÊNCIA INSULÍNICA

Como já dito anteriormente, a resistência à insulina é um problema que ocorre na relação da insulina com as nossas células, o que torna mais difícil a entrada da glicose.

Costumo dizer que um dia, quando muito exigido, nosso corpo falha. Não é diferente no caso da resistência à insulina, se você está constantemente se alimentando mal,   fornecendo   

altas cargas glicêmicas, em algum momento seu corpo não conseguirá contornar essa situação. É muito comum encontrar pacientes que apresentam resistência à insulina e não desconfiam, principalmente por não estar obrigatoriamente relacionada ao excesso de peso. Magros com um péssimo estilo de vida, também podem desenvolver resistência à insulina, o que para muitas pessoas é uma grande surpresa.

DIABETES GESTACIONAL

Com as causas ainda não totalmente esclarecidas e com alterações parecidas com a diabetes tipo II, a diabetes gestacional é perigosa, tanto para mãe quanto para o bebê e pode trazer diversas complicações. Porém, diferente da diabetes tipo I e II, quando tratada ela é temporária. Para evitar é essencial um acompanhamento com uma equipe multidisciplinar que inclua

um nutricionista para elaboração de um planejamento alimentar, favorecendo o desenvolvimento do bebê e saúde da mãe.

Sedentarismo, maus hábitos alimentares, genética, tabagismo, entre outros, são fatores que levam ao desenvolvimento não só de diabetes como de diversas doenças. Daí a importância dos cuidados com a saúde desde a infância. Quanto menor a sua exposição aos fatores de risco, menores serão as chances do desenvolvimento de doenças.

Em todo caso, se você já é diabético deve ter o dobro de cuidado com a saúde. O diabetes causa diversos sintomas e alterações no organismo que podem gerar outras doenças ou complicações, caso ela não seja controlada rigorosamente. Algumas delas são:

- Doença Renal Crônica;

- Dificuldade de cicatrização/ amputamento;

- Glaucoma/ Perda da visão;

- Aumento do apetite e sede;

- Aumento da frequência em urinar;

- Problemas circulatórios;

- Aumento das chances em desenvolver hipercolesterolemia e hipertensão arterial;

- Perda de peso;

- Infecções frequentes;

- Alteração na microbiota intestinal;

- Alteração no sistema imunológico;

- Neuropatias.

ALIMENTAÇÃO X DIABETES

Em todos os tipos de diabetes, na resistência insulínica ou na prevenção da doença é essencial que haja uma alimentação saudável e equilibrada. A nutrição pode ser a chave para o sucesso (controle ou prevenção da diabetes) ou fracasso (desenvolvimento ou avanço da doença). Existem diversas estratégias para elaborar um plano de baixa carga glicêmica que não seja restrito e nem difícil de seguir. 

O segredo é selecionar os alimentos chave, excluindo e/ou diminuindo os que trazem malefícios e incluindo os que de alguma forma trazem benefícios a saúde do paciente. Todo planejamento alimentar deve ser personalizado e pensado para proporcionar bem estar físico e mental ao paciente. Procure um nutricionista para acompanhar sua saúde e alimentação!

AGENDE

SUA CONSULTA!

9 9918 - 6468

nutricionista@thalitagalhardo.com.br

Av. das Américas 2.480 - Lead Américas

Bloco 3 - Subsolo 149
 Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ

 
BARRA DA TIJUCA
Av. das Américas, 2480 Bloco 3 
 Subsolo 149 - Lead Américas
Telefones: (21) 9 9918 - 6468
    (21) 2496 -6754
     (21) 99171-7879

*Não trabalhamos com planos de saúde*

 
 
 
 
 
 
 
Todos os direitos reservados Thalita Galhardo Nutricionista - 2017